Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

SEM TÍTULO

 

 

Parou, olhou, rodou ligeiramente sobre os calcanhares e aspirou o ar frutado de uma tarde pontuada pelo trinar dos melros. Respondeu-lhes, como sempre, alheia a quem passasse. Não exactamente porque passava alguém… apenas alheia, apenas por gostar de si mesma, do aroma da tarde e do canto das aves… e ninguém que entendesse o que naquele instante se passava, poderia impor-lhe a ideia de que pudesse haver uma coisa mais importante para fazer ou sentir.Ninguém.

Afinal, descobrir o canto dos melros no aroma frutado de uma tarde de Abril, para ela – e dela se tratava – era tão imprescindível quanto para outros pode ser o acto de respirar e ela sempre assumira os girassóis que há muito tempo lhe haviam germinado por dentro.

 

 

 

PS -

Desculpem-lhe a falta de título. Não repararam? Pouco importa… é tão só mais um texto de amor, ligeiramente menos ridículo do que as cartas amor e ligeiramente menos óbvio, também. O seu pior defeito é execrar o vulgar ao ponto da náusea. Mata-o sempre que possível, por pura questão de reacção, direi… química. Química, saudável e, sem sombra de dúvida, desejável. No que à literatura diz respeito, claro.

 

 

Maria João Brito de Sousa – 20.04.2011 – 19.44h

sinto-me:
publicado por poetaporkedeusker às 12:54
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
4 comentários:
De PaperLife a 27 de Abril de 2011 às 11:36
Pode não ter titulo, mas tem o que é mais importante: sentimento :)
De poetaporkedeusker a 27 de Abril de 2011 às 11:50
:) Muito obrigada! É isso mesmo... isto nem se consegue encaixar numa categoria literária... é mesmo um sentimento que me passou para os dedos e deles para as teclas...
Abraço! :)
De Ivete a 20 de Maio de 2011 às 18:06
E não serão os sentimentos, as coisas mais importantes a se passar para as teclas? :))
De poetaporkedeusker a 23 de Maio de 2011 às 12:09
:) Olá, Ivete! Sim, tens razão. Embora existam muitas vertentes linguísticas para investir e trabalhar um texto, sem sentimento nem vale a pena escrevê-lo... pelo menos é assim que eu penso e, pelos vistos, tu também :)
Abraço grande!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. REDUTOR!

. "DIA DE VIVER O HOJE E SE...

. ELA(S)

. CONTOS DE FADAS...

. FELIZ NATAL 2015

. BOAS FESTAS!

. RESOLVENDO A EQUAÇÃO DO S...

. NA CASA

. EM CONVERSA...

. POESIA E POETAS

.arquivos

. Março 2017

. Setembro 2016

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.os postes mais apedrejados

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.links

.DADOS ESTATISTÍCOS SOBRE O DESEMPREGO

.ADVERTÊNCIA

A maioria das imagens são retiradas da internet. Deixe um comment se não estiver de acordo.

.PEDRADAS


View My Stats

.UM BLOG EXPLOSIVO...

... só para "de vez em quando"...
blogs SAPO

.subscrever feeds