Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

DISCLOSURE

 

“Vejo os episódios da série Dexter sempre que a falta de inspiração me oferece uns momentos de repouso e me não acontece adormecer antes. Vejo-os quando assim calha, apesar de achar que o intérprete tem o pescoço demasiado curto e a irmã  a língua mais suja do que a esfregona de limpar a varanda dos gatos e cara de quem não joga com o baralho todo, sem ter sido compensada pela bênção de ser poeta. Não o vejo com o mesmo entusiasmo com que vejo o Corredor do Poder, mas sou capaz de o preferir a um jogo de xadrez com o 2008, dependendo, claro, do estado de cansaço em que me encontre nesse dia; se me sentir alerta e com um mínimo de vontade de desafiar este mundo e o outro, optarei pelo jogo de xadrez. Se me sentir exausta, pelo rapazinho do mosquito e do biberão.

Não faz o meu género. Nem sequer tem a qualidade mínima que costumo exigir às séries que me digno apreciar. Vejo porque sim.” - 04.05.2011 -23.43h

 

 Nada disto teria importância ou chegaria, sequer, a ser publicado se não tivesse começado a ser escrito no dia 04.05.2011, exactamente às 23.43h – segundo registo do meu computador – e, pouco depois, eu não tivesse ouvido, no “5 para a meia noite”, o nosso primeiro ministro afirmar que também o via. Eis-me de queixo caído, acreditando que esta coisa das coincidências está a tornar-se mais e mais insustentável, à medida que os anos passam, e perguntando-me que raio de maluqueira me terá dado, a mim que nunca falo das séries que vejo, para o fazer poucos minutos antes de José Sócrates, em amena cavaqueira, falar da mesmíssima coisa.

Não sei se ele faz, ou não, o mesmo tipo de críticas… se também acha que o rapaz tem o pescoço demasiado curto e a rapariga a língua demasiado suja, se também reparou que o tema poderia ser muito mais bem explorado e que os personagens estão sobre caracterizados ao nível da carga dramática e concorda que isso retira à série alguma qualidade… não sei nada disso mas se estas coincidências todas não abrandarem o ritmo e se houver mais alguma entrevista informal nestes próximos dias, não me admiro nada de o vir a descobrir…

 

 

 

Maria João Brito de Sousa - 15.05.2011

 

 

IMAGEM RETIRADA DA INTERNET

sinto-me:
publicado por poetaporkedeusker às 16:28
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
2 comentários:
De M.Luísa Adães a 19 de Maio de 2011 às 17:47
Não vejo Dexter e por essa razão, não posso comentar o teu extenso texto.

E como estou cansada e me doem as costas, não entendi o que escreveste, embora reconheça que está muito bem escrito, cheio de coincidências é certo, mas
bem escrito.

Mas pouco ou nada entendi, confesso e oe textos muito
alargados em tamanho me dão vontade de não os ler.

Mas este li! Outros leio o final e comento. Estou assim,
cansada em frente desta máquina que me faz tanto mal.

Desculpa!
Maria luísa
De poetaporkedeusker a 20 de Maio de 2011 às 12:01
Amiga, não leias o que te custar a ler! Só te vai sobrecarregar de informação - eu sei porque também está a acontecer comigo - e obrigar-te a estar numa posição que não faz bem a coluna nenhuma e que te vai aumentar as dores. Eu ando com uma verborreia que não sei explicar... mas é só para vos responder... não tenho escrito quase nada em casa porque o Kico está muito pior e cada vez me dá mais trabalho... mas ainda come que nem um leãozinho! :) Come, é meigo como nenhum outro e tem aquela expressãozinha de felicidade, no olhar, que nos faz perceber muito bem que ainda não desistiu de viver!
O texto é uma cronicazinha banal sobre uma série e uma coincidência estranhíssima. Não perdes grande coisa em não ver a série. Há imensa gente que a não consegue ver por ser demasiado "sangrenta" e eu só a vejo porque não é suficientemente realista para me conseguir impressionar.
Enorme abraço para ti e que te sintas bem depressa!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. REDUTOR!

. "DIA DE VIVER O HOJE E SE...

. ELA(S)

. CONTOS DE FADAS...

. FELIZ NATAL 2015

. BOAS FESTAS!

. RESOLVENDO A EQUAÇÃO DO S...

. NA CASA

. EM CONVERSA...

. POESIA E POETAS

.arquivos

. Março 2017

. Setembro 2016

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.os postes mais apedrejados

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.links

.DADOS ESTATISTÍCOS SOBRE O DESEMPREGO

.ADVERTÊNCIA

A maioria das imagens são retiradas da internet. Deixe um comment se não estiver de acordo.

.PEDRADAS


View My Stats

.UM BLOG EXPLOSIVO...

... só para "de vez em quando"...
blogs SAPO

.subscrever feeds