Sexta-feira, 29 de Maio de 2015

OBRA - Dissecação de um conceito de...

transferir (10).png

 

(Proseando...)

 

A criatividade – aquela que nos nasce das constantes colisões com as imprevisibilidades do espaço e do tempo, não a que nos surge mercantilisticamente formatada pelas chamadas “necessidades de mercado” - nunca foi muito amiga das burocracias, nem dos caminhos traçados por outrém... esmagam-na as imposições, viola-no-la e inutiliza-no-la a rigidez dos protocolos. Mas engendra(se). Sempre.

 

Venho de uma geração que sempre privilegiou o utilitário, sem nunca ter deixado que lhe fossem arrancadas as raízes primordiais do sonho e do espanto. A “fornada” exactamente necessária àquele tempo, neste espaço. Sou, portanto, dessa “fornada”, uma peçazinha claramente nascida para a produção ao nível das artes e das ciências a quem, porém, uma vez enredada na teia social, acabaram por ficar vedadas todas as formas de se tornar verdadeiramente útil e de preencher com o seu específico desempenho, alguns dos muitos, dos infindáveis – e muito desejáveis... - espaços vazios do sempre crescente e ondulante tecido criativo.

 

Nunca me queixo. Constato. E aproveito para, agora que em verdade posso dizer que me é muito difícil ter força para agir e espantosamente fácil encontrar um sentido para a acção, tentar cumprir, no pouco tempo que me resta, o que poderia ter vindo a ser cumprido ao longo do tempo útil de uma vida.

 

Obra? É isto. Este espaço chamado erro que medeia
entre o que já fizémos e aquilo que poderíamos ter feito.

 

 

Maria João Brito de Sousa -29.05.2015

publicado por poetaporkedeusker às 16:47
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. REDUTOR!

. "DIA DE VIVER O HOJE E SE...

. ELA(S)

. CONTOS DE FADAS...

. FELIZ NATAL 2015

. BOAS FESTAS!

. RESOLVENDO A EQUAÇÃO DO S...

. NA CASA

. EM CONVERSA...

. POESIA E POETAS

.arquivos

. Março 2017

. Setembro 2016

. Maio 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.tags

. todas as tags

.os postes mais apedrejados

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.links

.DADOS ESTATISTÍCOS SOBRE O DESEMPREGO

.ADVERTÊNCIA

A maioria das imagens são retiradas da internet. Deixe um comment se não estiver de acordo.

.PEDRADAS


View My Stats

.UM BLOG EXPLOSIVO...

... só para "de vez em quando"...
blogs SAPO

.subscrever feeds