Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://contra-sensual.blogs.sapo.pt

http://contra-sensual.blogs.sapo.pt

30
Out15

EM CONVERSA...


Maria João Brito de Sousa

Cipriano Dourado.jpg

 

.... Quanto à métrica... (porque ando desde ontem com isto na cabeça...), ela chama-se assim por convenção literária e para facilitar o estudo da poesia, não para que olhemos para ela como uma imposição de regras superiormente impostas por meia dúzia de conhecedores e sim porque esses "conhecedores"/estudiosos/investigadores a foram descobrindo, na sua musicalidade, na própria poesia que analisaram. Se as pessoas pudessem entender isto não haveria tanta má vontade para com os poetas da poesia metrificada... já ouvi de tudo! Até há quem pense - imagina! - que temos de construir os poemas à força, obedecendo - por mera subserviência, pensam alguns... - às "regras"... como se os poemas, na sua musicalidade, não fluissem quase sozinhos, ao som dessa mesma partitura invisível. Claro que, no final, há que fazer uma revisão atenta, mas... essa processa-se quase sempre muito mais ao nível da plasticidade sintática do que ao da métrica propriamente dita... até podem levar-se horas a optimizar sintaticamente um soneto. Já me aconteceu e foram sempre horas que nunca considerei perdidas porque a poesia teve, tem e terá sempre uma função importantíssima na semi-vida de uma língua... e deve ser didática. Mesmo a poesia popular, com todas as suas características próprias e tão magnificamente ritmada, o é e sempre o foi, tanto quanto a erudita. E isto que fique bem claro diante dos tantos que a desprezam! Se a desprezam, fazem-no porque são profundamente ignorantes.

 

Maria João Brito de Sousa - 30.10.2015

 

Gravura de Cipriano Dourado

 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

ADVERTÊNCIA

A maioria das imagens são retiradas da internet. Deixe um comment se não estiver de acordo.

UM BLOG EXPLOSIVO...

... só para "de vez em quando"...
Em destaque no SAPO Blogs
pub